Uma questão de “face” no contexto institucional 

shutterstock_476419331

Tendo estado recentemente em Macau integrado numa delegação do Instituo Superior de Ciências Sociais e Políticas (ISCSP), que tutela o Instituto do Oriente (IO) como Centro de Investigação inserido na geografia da recente Universidade de Lisboa, não quero deixar de referenciar aos leitores do Ponto Final, algumas das premissas e razão de ser desta visita, já que como cronista, me identifico com estas mesmas instituições, correndo obviamente o risco de deslizar para uma narrativa apologética da representação das mesmas.

O estreitamento e o reforço na articulação entre as instituições de Portugal e de Macau, só ganham sentido quando as mesmas assentam numa dinâmica progressiva, contínua e potencializada em contextos que se vão modificando ao longo dos tempos. O caso da RAEM não escapa a este princípio.

Assim sendo, o ressurgimento de uma visita oficial por parte do ISCSP/IO na Região Administrativa e Especial de Macau (RAEM) justificava-se essencialmente no domínio do simbólico, tendo em conta a tradição desta instituição nos estudos e investigação sobre Macau (e mais recentemente a RAEM) que remonta aos primórdios do Séc. XX (1906), instituída em 1989 com a criação do Instituto do Oriente, onde Macau a ocupa um lugar privilegiado.

Do mesmo modo, sentiu-se também a necessidade de operacionalização dos mecanismos a reforçar em termos da revitalização das parcerias e da revalidação das estratégias que actualmente o ISCSP incorpora na linha da sua ligação com a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) onde a RAEM ocupa um espaço fundamental nos estudos e investigação que abarcamos.

 

Em termos genéricos os objectivos centrais desta deslocação assentaram nos seguintes pilares:

 

– Reestabelecer, reforçar e potenciar as parcerias institucionais e académicas no espaço da RAEM.

 

– Alargar e circunscrever o âmbito das parcerias oficiais por parte do ISCSP (e também como entidade que acolhe o IO) através da sua representação máxima na pessoa do seu Presidente (Prof. Manuel Meirinho) que visita o território pela primeira vez após assumir o seu mandato, acompanhado pelo, Coordenador dos Estudos Estratégicos, Director Executivo e Coordenador Cientifico do Instituto do Oriente;

 

– Estabelecer uma parceria directa com o Centro de Estudo/Investigação das Relações entre a Republica Popular da China (RPC) e o espaço ASEAN sediada na Universidade de Guangxi em Nanning.

 

Tendo em conta estas premissas foram contactadas as seguintes Instituições: Fundação Macau; Fundação Oriente em Macau; Instituto Internacional de Macau (IIM); Instituto dos Estudos Europeus de Macau (IEEM); Universidade de São José e Universidade de Macau.

 

Das visitas elaboradas todas se saldaram por incentivos à manutenção e alargamento das esferas de acção no futuro próximo, reforçadas por perspectivas de desenvolvimento em domínios de interesse mutuo.

Já no que se concerne à deslocação a Nanning/Guangxi , o ISCSP/IO estabeleceu um primeiro protocolo que visa o estreitamento com uma Universidade chinesa através do Centro de Investigação das Relações entre a República Popular da China e o espaço ASEAN, fundamental para a compreensão da estratégia “Uma faixa Uma rota” e das implicações da mesma para Portugal e para a RAEM.

Como nota final, saliento a importância que ainda prevalece nos contextos orientais, nomeadamente, na República Popular da China em geral e na RAEM em particular, da necessidade em perpetuar os acordos e parcerias através da manifestação do princípio da “face” dos seus interlocutores, ou seja, são eles que dão sentido às instituições e que garantem a “honra” comprometida, isto apesar da questão ser muito mais complexa do que a aqui referenciada, arriscaria a aceitar que esta esta visita também se revestiu dessa componente, principio este por vezes tão mal entendido no Ocidente e em particular por Portugal que após a longa vivencia secular já não teria razão para o ignorar.

 

 

 

———————————

Carlos Piteira

Investigador do Instituto do Oriente

Docente do Instituto Superior de Ciências Socias e Politicas / Universidade de Lisboa

Advertisements
Standard

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s