Traiçoeiros desígnios

Ela sorria, oblíqua, diante do marido:

-Por que não ir atrás do sucesso, se ele bate à porta?

-Não me venha com más ideias, Clarice! Eu não vou passar a perna no Eduardo! Até porque foi ele quem esteve ao meu lado quando mais precisei.

-Mas veja só como você se comporta: parece querer o mal da empresa! – ela se fazia traiçoeira – Esse Eduardo é um incompetente.

-Entenda: o Eduardo pode ser um péssimo gerente geral, mas, antes disso, é meu melhor amigo. Não posso fazer isso com ele.

-Se você não tem olhos para isso, eu vejo a realidade para você: o Eduardo está levando a empresa à falência porque está desviando…

-Eu sei disso, Clarice, mas não sou eu quem vai entregar isso para os grandões da sede!

-Mas, se você não fizer, alguém vai fazer e vai tomar o seu lugar. Já pensou em ser gerente geral da firma? Seria perfeito: vamos viajar toda semana, conhecer novos lugares, andar para cima e para baixo de motorista particular! Que sonho…

-Um sonho que pode ser realizado com a valorização do meu trabalho. Até porque não acho justo entregar meu melhor amigo por conta do cargo, e eu nem sei se me dariam o posto numa circunstância dessas.

-Mas você vai aparecer, vão prestar atenção “naquele que apontou uma irregularidade na gerência”, “naquele que preza pelo bom funcionamento da firma”. A chefia tem que valorizar isso!

-Não acho que as coisas funcionam assim.

-Como não? Você lembra daquele seu amigo de nome diferente?

-O Aristides?

-Esse mesmo! Ele dedurou o chefe do setor e foi promovido ao cargo.

-Mas já estavam de olho nele. Era diferente.

-E se estiverem de olho em você? – ela falava cada vez mais perto, cada vez mais gananciosa – Você não tem como saber!

-Você acha que, se eu entregar o Eduardo, pode acontecer como foi com o Aristides?

-Mas é claro, meu amor! – ela sorria, exalando a alma vermelha – Veja só: já tem um exemplo vivo, concreto!

-Meu Deus… ser gerente geral! Mas não seria correto dessa forma…

-Ah! Você e essa sua indecisão! Por isso você sempre será um simples encarregado. Se você não tiver coragem, o sucesso nunca vai chegar! Até porque isso tudo é tão simples… basta encaminhar os documentos que você tem no e-mail.

Ele suspirou:

-Pode ser o melhor para a empresa, não é?

-Mas é claro!

-Verei o que faço amanhã.

-Você tem acesso ao e-mail daqui mesmo! Por que esperar até amanhã?

-Eu ainda não sei se farei algo assim.

-Se você não é firme o suficiente para ir atrás dos seus sonhos, eu mesma encaminho os documentos pra chefia. Tenho acesso à sua conta.

Ele a olhou fixamente enquanto ela abria o notebook, quando se decidiu:

-Deixa que eu faço isso. É coisa minha.

Não fosse a ganância de sua lady, Macbeth jamais seria rei da Escócia.

 

 

Advertisements
Standard

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s